Maria, Estrela Maior

Um musical cheio de Luz e Amor.


No âmbito do centenário das Aparições em Fátima, o Macpiremo apresenta um novo Musical, MARIA ESTRELA MAIOR.

A aventura começa numa galeria de arte da Artista Marina Leão. Diante de um quadro de pintura, a Cicerone vai-nos conduzindo pela história do Amor de Deus pela humanidade, dando-nos o seu único Filho, Jesus Cristo. Das trevas surge a luz,  do medo nasce o sonho, das armas surgirão arados. A Luz só nasce no coração simples como o da criança. 

A Senhora da Luz é também a Senhora das Dores que sofre com as dores da humanidade. Por isso, Maria nos visita para nos dar a Alegria. Visita o seu povo nas mais variadas Mariofanias, ao longo da História de Portugal. Ela é a Senhora Aparecida a quem prestamos a nossa homenagem num festim inebriante.

E, há cem anos, Ela renovou a Esperança de um povo perseguido pela fome e pela guerra. Três crianças, Lúcia, Francisco e Jacinta, são portadores de um segredo que só pela fé, penitência, conversão e oração é possivel desvendar.

Maria, a Estrela Maior, nos encaminhe sempre para Jesus, o Mestre da nossa vida!

Pe André Ferreira

São Vicente de Paulo, um rosto de Misericórdia

Estamos a terminar o Ano Jubilar da Misericórdia. Durante este ano refletimos, rezámos e cantámos a Misericórdia de Deus, sempre no sentido do encontro com o irmão e com Deus.

Os nossos jovens, Macpiremo, com o Musical Alegria de Misericórdia, levaram o grito da Misericórdia em digressão pelo país, Santiago do Cacém, Coruche, Ponte de Sôr, Lisboa, Fátima, Viseu, Chaves, Oliveira de Azeméis, Porto, Vila do Conde e várias paróquias de Felgueiras. Foram, até ao momento, 27 apresentações, com cerca de 10 mil espetadores, culminando nos dias 18, 19 e 20 na Casa das Artes.

São Vicente de Paulo é o rosto principal deste musical. O homem que se tornou santo quando descobriu que a verdadeira riqueza está na dádiva ao pobre e ao doente, à criança e ao jovem, bem como, à sua educação.

No próximo ano celebramos os 400 anos do Carisma Vicentino e os 300 anos da Congregação da Missão em Portugal. Não podemos esquecer que, também nós, conferências vicentinas, JMV, leigos e religiosos, inspirados em São Vicente de Paulo,  temos uma missão: aquilo que o AMOR não pode calar.

Assim, à maneira do Papa Francisco, temos de dizer não à globalização da indiferença, sendo ilhas de misericórdia. Se cada um fizer um pouquinho mais o nosso mundo será mais belo.

wp-1478824241190.png

Festac 16

image

Macpiremo em grande neste fantástico encontro, numa casa que tão bem nos recebeu no ano 2008 com o musical do Nascimento do Savador.
A não perder dia 15 de Abril no Cais Da Cultura de Caíde de Rei, junto à estação de comboios.